Direito Democrático

Uma democracia pressupõe consciência e cidadania

leave a comment »

Ônibus lotado – Quem sai ganhando?

Quem anda de ônibus em São Paulo sabe o descaso com que a Prefeitura, a SP Trans e as empresas de transportes tratam o cidadão. Quem nunca sofreu na mão de motoristas irresponsáveis que dirigem em velocidade incompatível com a segurança dos passageiros? Uma verdadeira vergonha! Ou então chegar atrasado em um compromisso porque o ônibus não passa com a frequência estipulada. Mas um dos maiores sofrimentos do Paulistano, digo isso por experiência própria, certamente é a superlotação dos ônibus.

Quem nunca reparou que em todo ônibus próximo ao motorista há uma placa indicando a lotação máxima do veículo. Esta estipulação deveria ser seguida à risca, mas por ganância das companhias de ônibus não é. 

Para as companhias de transporte inescrupulosas de São Paulo, comandadas por uma verdadeira máfia, ônibus lotado é bom porque permite que ganhem o mesmo valor circulando poucos veículos. No local onde circulariam dois ônibus, colocam apenas um e assim pagam por apenas um motorista, um cobrador, menos gasolina, etc. Muitas das empresas de ônibus sequer tem uma frota suficiente para cumprir os contratos que firmam com a administração pública. Um absurdo gritante. Isso para não falar na praga dos Micro-ônibus, que frequentemente operam em linhas de alta demanda.

Há um discurso que diz que os ônibus são lotados porque a demanda é muito intensa. Isso é uma verdade apenas parcial. De fato existe uma demanda incalculável em São Paulo, especialmente em regiões da periferia onde há linhas menos rentáveis que não interessam às empresas de ônibus. Mas isso não explica tudo. Os ônibus de São Paulo vivem lotados por uma opção das companhias de ônibus. Mesmo nas horas não de pico os ônibus são mantidos lotados por meio de uma redução intencional da frota circulante.

A SP Trans tem um papel primordial neste problema pois não fiscaliza e nem pune o desrespeito à lotação dos ônibus. A prefeitura da mesma forma se omite e deixa que a ineficiente SP Trans continue praticando a sua…ineficiência habitual.

É preciso que a sociedade não admita esse tipo de desrespeito. Temos de pressionar a Prefeitura e a SP Trans para que cumpram o seu papel zelando pelo cumprimente das cláusulas do contrato de concessão das empresas, fiscalizando o serviço e aplicando as penalidades legais de forma efetiva. 

Sugiro uma olhada no blog:

http://www.onibus.blog.br/

Advertisements

Written by spreif

August 5, 2010 at 6:59 am

Posted in Uncategorized

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: